terça-feira, julho 22, 2008

Porque eu ouço funk carioca

1 - Porque não é evangélico
Gosto da linguagem não-evangélica. Às vezes preciso de um "detox".

2 - Porque eu sou carioca

3 - Porque o som é maneiro
E não me venha dizer que funk carioca deveria se chamar Miami Bass.

4 - Porque a letra é simples
Nada como um bom funk carioca para contrastar os pseudo-problemas criados pela elite. Nada como ser direto e falar simples. Nada de encheção de lingüiça.

5 - Porque a música é engraçada

6 - Porque comunica
Eu gosto dos erros de Português. Gosto da linguagem da rua. Apesar de às vezes ficar com medo da violência na própria linguagem. (Me lembro da linguagem que ouvia nos subúrbios cariocas na casa dos meus familiares)

7 - Porque retrata a realidade
"A vida como ela é". Well, melhor a realidade difícil do que mundo-faz-de-conta fácil e "sempre-vitorioso", invencível. Não gosto de apologias à violência. Mas o subúrbio carioca vive o paradoxo: os que deveriam proteger são os que agridem. Os fora-da-lei são os que ajudam. Nada é tão simples. (Minha prima morreu com um tiro em um baile funk a mando do traficante do bairro)
Jesus me convida a inverter certos valores. Nos evangelhos os excluídos são convidados para a festa. O bom samaritano é o herói da história. O mais humilde é o mais importante. Os líderes religiosos são os vilões da história.

8 - Porque tem esperança e humor no meio da adversidade

9 - Porque várias pessoas pobres também gostam de funk carioca
Às vezes pesco no ar um certo preconceito da classe média com hábitos característicos da "classe baixa". Não que eu esteja livre de preconceitos. Oro para que não esteja. Ouvir funk é até uma tentativa de detectar tais preconceitos. O fato é que muito rapidamente certas pessoas rejeitam funk por ser "som de favelado". (Lucas 18.11 'O fariseu ficou de pé e orou sozinho, assim: “Ó Deus, eu te agradeço porque não sou avarento, nem desonesto, nem imoral como as outras pessoas. Agradeço-te também porque não sou como este cobrador de impostos.' )

10 - Porque eu também gosto de vez em quando de bullshit

11 - Porque são menos hipócritas com sexo
Sacanagem nas letras, letras de duplo sentido, letras engraçadas, ou simplesmente in-your-face. "Falem mal, mas falem de mim". Bem-vindo à vida como ela é.

Nenhum comentário: