sexta-feira, agosto 08, 2008

Cristianismo Cria Ativos



Abertura: 18 de agosto de 2008 - Segunda com música de primeira - Igreja Batista da Renascença - 20h

Descrição da Proposta:
Criar um lugar de encontro para cristãos ativos (e/ou interessados) na área das artes, para fomentar reflexões teológicas, produção de novas obras e engajamento nas questões sócio-eclesiais alcançáveis com a Arte.

JUSTIFICATIVA SÓCIO-ECLESIAL
Na vida cotidiana, todos são imersos num universo de sons, cores, imagens em movimento, participam muitas vezes passivamente de um mundo dinâmico impregnado de artes, imaginação e sentimentos.
No meio evangélico é manifesto como as artes fazem parte do cotidiano do crente, porém, a nosso ver, com limitações preconceituosas derivadas, na maioria das vezes, de uma falta de conhecimento do potencial que essas artes podem proporcionar à existência do ser humano.
À luz da realidade sócio-cultural brasileira percebe-se, portanto, a necessidade de se achar um espaço de encontro e promoção cultural para artistas cristãos em primeira instância, e para a comunidade em seguida. No momento em que a sociedade, como um todo, e a comunidade evangélica, em específico, não encontram nos recursos oferecidos pelo governo, apoio e incentivo para o acesso e o estudo das artes, parece-nos necessária a criação de um projeto que possa atender, pelo menos em partes e sem pretensas de completude em si mesmo, a essas demandas.
Para a instalação do projeto pareceu-nos interessante começar na Igreja Batista da Renascença (Rua Taquari, 96 - Bairro Renascença, BH-MG) pois representa um lugar propício por vários motivos:

OBJETIVOS
“Cristianismo Cria...Ativos” pretende oferecer um lugar de encontro, reflexão artístico-teológica e cuidado pastoral para aqueles que, de alguma forma, são envolvidos com as Artes.
As atividades a serem realizadas almejam a participação ativa do público alvo para fomentar discussões sobre arte e fé, sobre as implicações da atividade artística tanto na igreja quanto no meio secular.
No primeiro semestre de atividade, pretende-se estudar, através de escuta ao vivo ou reprodução fonográfica, alguns dos autores mais relevantes da História da Música erudita, do Jazz e da MPB. A finalidade é a divulgação cultural para a criação de um senso crítico e de apreciação do belo frente aos rápidas mudanças do mundo pós-moderno, e também no meio evangélico que ainda tanto sofre passivamente das influências de padrões artísticos importados.
Além disso, serão promovidos seminários de leitura com textos selecionados sobre a relação entre arte e fé, arte e sociedade, arte pela arte, para fundamentação do conhecimento da matéria objeto de estudo e debate.

DIRETRIZES TEOLÓGICAS
Em muitos aspectos tem-se postulado que a queda no Eden provocou uma ruptura da unidade essencial do ser. Nesse sentido Paul Tillich entende que todos os atos humanos, que são culturais, buscam reunificação.
Existe uma procura do ser humano para resolver a tensão que se criou entre finito e infinito, também através do caminho das Artes. Robert Schumann, pianista do Romantismo alemão, falava a respeito disso como “anseio ao infinito”.
No projeto de Deus para a humanidade, era para o homem e a mulher exercitarem seu governo sobre a natureza, desenvolvendo e mantendo-a. Vemos esse mandado explicitamente em Gn. 1:26:
...tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra e sobre todos os répteis que rastejam pela terra”; 28: “...enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra”; 2:15: “Tomou, pois, o Senhor Deus ao homem e o colocou no jardim do Éden para o cultivar e o guardar.

Este mandado foi dado por Deus a Adão e Eva com o propósito de que eles refletissem a imagem e semelhança do Criador diante de toda a criação, e, espalhassem o jardim pelo restante da terra com o seu trabalho. Consideram-se todos os aspectos da cultura relacionados com Deus, tendo, portanto, uma dimensão e influência espiritual. Um dos níveis da atitude existencial, apresentados por Tillich, é o da expressão, que compreende filosofia, arte e literatura. A obrigação do cristão é de viver de maneira ativa na sociedade e operar a transformação do mundo e das culturas.
Justino “o mártir” dizia que “onde quer que a verdade apareça, é sempre cristã”. Entendendo como cristã qualquer atitude que vise restaurar a integridade do homem, que procure denunciar as injustiças, que possibilite a todo ser humano livre expressão de sua espiritualidade, individualidade cognitiva e volitiva, no respeito do outro e do mundo criado, as Artes podem se tornar porta-voz de inúmeras verdades. O potencial imaginífico, sentimental e teologal das Artes é de enorme valor, ainda que pouco (ou quase nada) explorado no meio evangélico.

Liderança do projeto: Pr. Ramon Goulart e Matteo Ricciardi
Local: Igreja Batista da Renascença - R. Taquari, 96 - B. Renascença - Belo Horizonte/MG - 31 - 3421-9800 - ibr@ibr.org.br

Um comentário:

janaina maria estevao disse...

Francamente, é uma das maiores oportunidades que já tive. Fiquei impressionada com a qualidade dos músicos e empenho dos organizadores. Parabéns, Ramon e Matteo