segunda-feira, setembro 14, 2009

Carta à Dona Arte

Dona Arte,
Desculpa aí o abuso dos meus irmãos e irmãs. Pegam a 'teologia' deles (inconsciente mas deliberadamente) e tentam empurrar o triângulo pelo buraco circular. Eu quero aprender a respeitá-la mais. Espero um dia podermos sentar juntos. Nesse dia gostarei de ouvir seus causos e cantos e parlendas com sotaques nordestino e gaúcho da boca dos meus camaradas brasileiros. Nesse dia conhecerei um pouquinho mais esse Papai do Céu Criativo. Pra mim o chimarrão é muito mais eucarístico, o causo muito mais homilético e o cavaquinho muito mais autêntico. Espero sem muita paciência, dona Arte.

Cordialmente,
Gustavo K-fé Frederico

Nenhum comentário: